Arquivos da categoria: A TERRA DE AGANYÚ (AGANJÚ) O REI

A TERRA DE AGANYÚ (AGANJÚ) O REI

f07d92e213d885ed1f1fb35ed21fd159

aggayu

 

 

 

 

 

 

 

 

Pataki:

SHANGÓ ia andando por todos os povos do Planeta, mas nunca podia chegar perto de uma terra que trovejava e tremia e sempre estava coberta por gases incandescentes. Então foi à casa de ORUNMILÁ, onde este numa consulta com Ifá viu esse odú e ele disse que tinha que fazer ebó e levá-lo a margem de um rio. SHANGÓ fez tudo como lhe indicou ORUNMILÁ e quando foi se encontrar com ELEGUÁ (Elegbara), que depois de se saudarem, começaram a conversar. Foi quando ELEGUÁ disse a SHANGÓ que depois do rio havia um vale muito fértil, onde havia um povo em que as pessoas que viviam ali não tinham uma opinião formada do que faziam, pois estavam sem rumo, perdidas. Qualquer que fosse o assunto a tratar, o rei daquele lugar falava aos súditos de longe para não se deixar ver.