Arquivos da categoria: OSHÚN SALVA SHANGÓ DO PRISÃO

OSHÚN SALVA SHANGÓ DA PRISÃO

11004c8674eda80691f441903bb4367f

Em certa ocasião OYÁ aprisionou SHANGÓ e na porta da estadia onde o tinha preso, colocou IKÚ (a morte), parado esperando que SHANGÓ tentasse sair para impedí-lo.

Até que OSHÚN, mulher determinada e decidida, decidiu acabar com o martírio de SHANGÓ que, desde muito tempo, por ele era apaixonada. Conhecedora de que OYÁ, apegada a seus caprichos e vaidades, havia aprisionado SHANGÓ usando de carcereiro IKÚ (a morte), decidiu então corromper a moral de OYÁ, burlar a vigilância de IKÚ e arrebata-lo dali. Pegou uma garrafa de aguardente, azeite de dendê, mel de abelhas, peixe defumado, Efun, nove acarás e nove pelotas de inhame amarelo e se dirigiu até onde estava IKÚ vigiando a SHANGÓ. Mostrou-lhe tudo o que trouxe e o convidou a comer.