Arquivos mensais: fevereiro 2013

É POSSÍVEL SER PRATICANTE DE IFÁ E PRATICAR OUTRAS RELIGIÕES OU MESMO RELIGIÃO ALGUMA?

PQAAADORywqReuxHsvmD8MZKku0yMCdv0T9VG6lq0hdTHwL8s52HlaG8-liMB42wBlMLuyzx7ESMCckPz6_4AxFddKcAm1T1UKXFBdInMiQzIZQ5mOOJ0kokvTNT

É importante lembrar que todos os adeptos das religiões afro descendentes pertencem a mesma religião, mesmo porque acreditamos todos em OLODUMARÉ como criador. Talvez sua pergunta fosse a seguinte: Praticantes de outros cultos afros-descendentes podem pertencer a IFÁ?

 

Devem! Quero ressaltar que quando uma pessoa pertence a outro culto ela tem a necessidade de pertencer a IFÁ, exatamente pelo fato de buscar em IFÁ seu ODÚ de destino, onde através do mesmo ela terá condições de desvendar segredos fundamentais que lhe dará auxilio para buscar a paz, a tranquilidade, a saúde, o progresso e principalmente se encontrar como pessoa na vida.

O CRESCIMENTO DO CULTO DE IFÁ NO BRASIL

PQAAAD14W3ILPYjbif5mJndNH1mZ47HozTdJo-Ne7SxCIdsxtC_iLEXDqLf5BdsvlhhOgJEi_dV_T2aIC-MrJWr4LBoAm1T1UOFxcwjKCcW1xzRlGJjtgxyBcqdN

Vejo caminhar em ritmo acelerado, mesmo porque, as próprias contradições que existem atualmente com relação a IFÁ é a prova viva do desenvolvimento da religião no país. Os questionamentos, as curiosidades, momento como este de ter a oportunidade de desvendar alguns mitos. Para mim, já é um exemplo vivo que me faz crer que em breve teremos um Culto que se desenvolverá em todos os estados do país, em harmonia entre os cultos afro-brasileiros predominantes no BRASIL. Tenho pequenos exemplos em nossa Família de IFÁ que apontam os caminhos que a religião vai trilhar para seu desenvolvimento.

IFÁ

 

Otura Airá

Em IFÁ encontrasse os desígnios de DEUS (OLODUMARÉ) para com a humanidade, as leis morais que devem ser seguidas na sociedade para com o próximo, os verdadeiros valores familiares entre pai, filho, mãe, esposa em prol da construção de uma família feliz, os mandamentos que dão noção do que é sagrado aos olhos de DEUS, que apresentam os limites que necessitamos ter diante da vida, nos mostrando onde somos castigados, onde somos abençoados, onde fracassamos, onde vencemos, nos dando a noção e o parâmetro do certo e do errado, da felicidade e da tristeza, da riqueza e da pobreza, do que é ser bom, do que é ser ruim, a vida e a morte, do bem e o mal, tudo de acordo com o propósito e a razão de OLODUMARÉ ter criado a humanidade e o mundo.

SHANGÓ REI DOS REIS

Dono dos raios, do fogo, da guerra, dos Ilú Batas (tambores sagrados) da música, da dança, da bravura viril, representado por um machado de dois lados. Sua cor é o vermelho e branco intercalados.
Shangó representa o maior número de virtudes e imperfeições humanas: Bom amigo, bom pai, trabalhador, valente, adivinho, generoso, justiceiro, bom amante, curandeiro. Concentra-se em Shangó todas as grandes virtudes de um homem, mas também: Mulherengo, violento, brigão, tempestuoso, articulador, autoritário, ambicioso, farrista. SHANGÓ FILHO DIRETO DE OLÓFIN (DEUS), REI DOS REIS.