Arquivos mensais: julho 2013

Iré e Osogbo

Em cada busca pelo oráculo de Ifá, em cada busca pelas verdades de Orunmilá que fazemos nos indica se viemos Iré (positivo) ou Osogbo (negativo) e a maioria das pessoas pensa que sempre o melhor a sair é o Iré, mas isto é inconscientemente, porque pouca importância damos em entender de uma maneira clara e precisa que significado tem o Iré e o Osogbo que nos saiu e simplesmente pensamos que o Iré é o bom e o Osogbo é o mal. Se entendermos o significado do Iré e o Osogbo que nos foi marcado, será mais fácil entender o que nos está dizendo o Orunmilá.

ARONI

ARONI é um ORIXÁ relacionado aos segredos das plantas. ORIXÁ do Culto Arará (Djedje), forma o grupo dos três animais místicos junto com KIAMAe KOLOFO. Representa-se com um boneco sem olho, com cabeça e rabo de cachorro e com uma só perna.

KORIKOTO

6103611470_792cf1afe6

KORIKOTO é o Orishá feminino da fertilidade, relacionado com a procriação e as crianças que nascem predestinadas. Considera-se uma deidade infantil, associada a natalidade.

Este Orishá é muito adorado pelos Ararás (Djedje). Os únicos detentores do conhecimento sobre esse Orishá e o seu culto atualmente, são os cubanos, mesmo assim encontrado em poucos lugares.

OBAÑEÑE (DADÁ IBAÑI)

Obañeñe, chamada também de Dada Ibañi ou Dada Baldone é o Orishá dos recém-nascidos, também dos vegetais. Quando encomendaram Obatalá povoar o mundo este entregou a ela a criação dos reinos (vegetal, mineral e animal).

OLÓFIN

OLÓFIN ou OLÓFI é a terceira manifestação de OLODUNMARÉ, do Yorubá Òlófin (dono do palácio). Seu palácio é o céu e sua corte real os Orishás. É ele que está em contato direto como os homens através dos Orishás, é ele quem os dirige e supervisiona seus trabalhos. Nada se consegue sem sua mediação. Vive retirado e poucas vezes baixa ao mundo como energia.

Obatalá Oshalá, Oxalá ou Oshanlá

Oshanlá  é um dos caminhos ou manifestações de Obatalá. É feminino e é uma das que mais aparenta idade mais avançada em sua manifestação física. Representa-se como uma anciã fria e trêmula, a que necessita ser coberta com um lençol branco.

Oroiña

Quem é Oroiña?

Oroiña para os Babalawós é uma energia de fundamento. É o ancestral de Aggayú Solá. Nasce diretamente de Olorun. Representa a lava do vulcão, a energia calórica do centro da terra. É onde nascem os terremotos. Seus poderes formam as montanhas, colinas, cordilheiras. Recebe-se com Aggayú Solá e não se raspa; não se põe na cabeça de ninguém. Representa o amor e a ira, o fogo purificador e o conhecimento intuitivo. Nasce no Odú de Ifá Irosso Meji.