Arquivos mensais: novembro 2014

ADIMÚ DE SHANGÓ PARA SAÚDE E ESTABILIDADE

2582517322_6fd922e11e

Ofereça a SHANGÓ quatro bananas verdes untadas com epó (dendê) e cozinhe-as.

Ponha diante de SHANGÓ e se não o tiver, ofereça em um lugar alto, mas de fácil acesso.

Ponha-as em um recipiente apropriado (uma gamela, um refratário branco, etc) e deixe por 16 (dezesseis) dias.

Durante esses dias, a pessoa deverá pedir a SHANGÓ por sua saúde e estabilidade na vida.

Ponha 2 (duas) velas acesas durante o pedido.

Ao final dos 16 (dezesseis) dias, colocar as bananas em um monte, morro, pedra alta e entregar a SHANGÓ.

Ifá Ni L’Órun

SHANGÓ E O ABO (CARNEIRO)

Chango_2

SHANGÓ, rei dos reis, tinha um escravo fiel que o seguia em todas as partes: O ABO (carneiro). Mas este começou a invejar o seu dono a ponto de aliar-se a o OUNKÓ (cabrito) e a AURÉ (cabra). No silêncio da noite e com a cumplicidade da lua, das estrelas e dos sons ritmos da coruja, os comparsas idealizaram um plano para acabar com SHANGÓ. Tal plano consistia em esconder todas as armas dele: seu machado de dois gumes, seus facões, suas lanças e suas enxadas.

Seu escravo então o desafiou para uma guerra. SHANGÓ, bravo entre os bravos, respondeu ao desafio de guerrear de seu escravo e foi imediatamente buscar suas armas. Qual seria o seu assombro ao encontrar seu arsenal vazio, onde só tinha um bastão de Ácana (madeira de maçaranduba).

Preocupado, decidiu fazer uma consulta com ORUNMILÁ (IFÁ), quem imediatamente lhe mandou fazer um Ebó, entre cujos múltiplos ingredientes estavam um AKUKÓ (frango) para ELEGUÁ e um bastão de Ácana.

PARA ALCANÇAR ALGO DESEJADO COM OSHÚN

Orisha-Oshun-Reina-de-los-Mares

Num prato coloca-se 5 laranjas, as que serão cortadas com faca, mas não cortadas totalmente e se coloca em cima delas:

Milho torrado

Peixe assado ou defumado

Dendê

Óleo de coco

Dentro de cada laranja se põe uma pimenta da costa, aguardente e mel.

Coloca-se tudo sobre a sopeira de OSHÚN por 5 (cinco) dias.

Peça a OSHÚN o que se deseja alcançar (nunca peça dinheiro aos ORISHÁS).

No final de 5 (cinco) dias, leva-se tudo ao rio, juntamente com 5 velas que também serão oferecidas no rio.

 

Ifá Ni L’Órun

UMA BREVE EXPLICAÇÃO DE QUEM É OLODUMARÉ

olodumare

OLODUMARÉ é na religião YORUBÁ o Deus único, supremo, onipotente e criador de tudo o que existe. Seu nome provém do YORUBÁ OLÒDÚMÀRÉ, o qual significa (senhor o qual é nosso eterno destino).

OLODUMARÉ é a manifestação material e espiritual de tudo existente. Não está em contato direto com os homens, mas sim em sua outra forma, OLORÚN (diretamente) ou OLÓFIN (indiretamente). Não se assenta, não se oferta nada, nem possui colares ou fios de conta.

Os YORUBÁS o representam em um guiro (cabaça) com duas metades, a superior os estados astrais elevados e a inferior a Terra. Cada vez que se menciona seu nome, deve-se tocar o chão e depois beijar os dedos.

SAUDAÇÕES COMUNS ENTRE RELIGIOSOS BABALAWÓS E OLOSHAS

download

SAUDAÇÕES EM IFÁ

Quando um devoto visita a casa de seu padrinho de IFÁ (OLUWÓ), antes de entrar, diz a seguinte frase de saudação:

AGÓ ILÉ – Estou avisando para entrar na casa, pedindo licença.

E o padrinho responde:

AGÓ YÁ – Pode entrar até o altar, permissão concedida.

PARA SAÚDE E DESENVOLVIMENTO PESSOAL

imagesPARA SAÚDE E DESENVOLVIMENTO PESSOAL

Como proceder: abra uma abóbora moranga, tire todo o seu conteúdo. Ponha ELEGUÁ dentro dela.

Coloque bastante doces e encha-a de mel. Acenda uma vela de 7 dias para ele.

Peça a ele que lhe dê saúde, paz, desenvolvimento pessoal. No final do sétimo dia, tire o seu ELEGUÁ de dentro e leve a abóbora a um rio.

Acenda uma vela e dê conta a OSHÚN do que você deseja.

Maferefun ELEGUÁ e OSHÚN!

 

Ifá Ni L’Órun

YEMANJÁ O VENTRE DO MUNDO

yemaya-orisha-santeria (2)ed2819

No princípio aqui só havia fogo e rochas ardentes. Então OLÓFIN (Deus), quis que o mundo existisse e converteu o vapor das chamas em nuvens.

Das nuvens caíram as águas que apagaram o fogo. Nos buracos enormes que se formaram entre as rochas, nasceu OLOKUN, o oceano (pai e mãe de YEMANJÁ), que é terrível e a quem todo o mundo teme.