O HOJE

Somos resultado da diáspora, somos filhos do encontro dos escravos.

Somos netos da miscigenação dos povos africanos em nossas terras, que trouxeram no seu sangue o DNA de várias etnias, cada uma delas regida por uma ou mais divindades YORUBÁ.

Somos tataranetos do coletivo, em meu sangue não corre somente o DNA dos ancestrais de OYÓ, governado pela divindade XANGÔ que rege meu destino, pois deixamos de ser descendentes de um e passamos a ser herdeiros de muitos.

O processo iniciático (feitura) em ORIXÁ, tanto em CUBA como no BRASIL assentando mais de um ORIXÁ, é a única fórmula capaz de sanar as necessidades espirituais de um povo que é resultado do DNA espiritual de vários povos africanos.

Somos a evolução, somos a atualização das gerações passadas, somos muitos em um.

Para nós não há outra forma de sermos puros e autênticos sem sermos diáspora.

 

Oluwó Siwajú Ifá Ni L’Órun

Gostou? Que bom, compartilhe com seus amigos.