DADÁ ORIXÁ (OBAÑEÑE OU DADÁ IBAÑI)

DSCF4689-768x1024

OBAÑEÑE, chamado também de DADÁ IBAÑI ou DADÁ BALDONÉ é o ORIXÁ dos recém-nascidos, também dos vegetais. Quando encomendaram a OBATALÁ povoar o mundo este entregou a ela a criação dos reinos (vegetal, mineral e animal).

Foi quem criou XANGÔ quando OBATALÁ o expulsou. Não se vai à cabeça, não é feito como ORIXÁ TUTELAR. Normalmente ela é representada por uma Abóbora forrada de caracóis (búzios) e sobre ela uma bola de índigo.

Em algumas casas de santo seu receptáculo é uma cabaça do tamanho da cabeça de quem a recebe, forrada de caracóis (búzios), ouro, prata e 9 penas de loro (acodidé) e se coloca sobre XANGÔ.

Quando ela é entregue pelos BABALAWÓS, é metade de uma cabaça coberta de tecido que se bordam caracóis (búzios) em forma espiral e ficam penduradas 16 tiras vermelhas que se colocam caracóis de 1 até 16, que representam 16 mejis de IFÁ e se coloca sobre um pilão que guarda o segredo de OBAÑEÑE ou IBAÑI (DADÁ).

p

Representa um tesouro e é a coroa de todas as pessoas que são iniciadas no culto aos ORIXÁS. Fala pelo Merindilogun em Ogunda Osá (3-9) e Ejila Sheborá (12). Seus elekes (fios de conta) são de 2 contas vermelhas e 2 brancas.

 

Ifá Ni L’Órun

 

 

Gostou? Que bom, compartilhe com seus amigos.