OGUN

Quem é Ogun?

Ogun é um Orishá que representa a fortaleza, o trabalho e a força áspera e inicial. É a força que fecha a caixa do corpo humano, o tórax, onde estão todos os órgãos vitais. Na natureza está simbolizado pelo ferro e todos os metais, também pela virilidade descomunal no ser humano. É o dono das ferramentas e das correntes. Ogún é um Osha do grupo dos Orishás Odé, comumente denominados de Os Guerreiros. Este grupo é formado por Eleguá, Ogún, Oshósi e Osun ou Ozun. É um dos primeiros Orishás e Oshas que qualquer pessoa deve receber. Ogún é o Osha decisivo na cerimônia de confirmação dos Oshas (Pinaldo) e na cerimônia de confirmação dos Awós Ni Orunmilá Babalawós (kuanaldo). Ogún é quem tem o direito preferencial de sacrificar, já que lhe pertence a faca que é geralmente o objeto que se usa para sacrificar.

É dono dos montes, junto com Oshósi e dos caminhos, juntamente com Eleguá. A Ogún lhe pertencem os metais e é o regente dos ferreiros, das guerras, vigia dos seres humanos. Seu nome provém do Yorubá Ògún (guerra). Provém de Ileshá e foi rei de Iré. Seus colares são roxos ou verdes e negro. Seus elekes (colares) se confeccionam alternando contas verdes e negras.
Se saúda Oke Ogún! Ogún Kobú Kobú, Aguanilé!

No princípio dos tempos Ororima e Tabutu se casaram. Desta relação nasceu um filho, quem ao crescer ficou conhecido por todos como Tobi Odé (O caçador direito). Entre todos os Orishás, foi Tobi Odé quem primeiro decidiu  fazer o caminho do rei invisível (Ikole Orún) na terra (Ikole Ayé). Os outros Orishás o seguiram e descobriram que Ikole Ayé estava coberto de um bosque denso (Igbo) e não podiam caminhar por ele. Foi então que Obatalá tomou seu adá fadaká e começou a limpar o bosque. Logo de imediato descobriu que o seu adá havia dobrado e já não era mais eficiente em tal tarefa. Foi então que Ogún para resolver esse problema, descobriu o mistério do ferro (Irin) e fez um facão de ferro (adá irin). Com este limpou o caminho através do bosque denso e todos os Orishás puderam atravessá-lo e fazer sua jornada até a terra. Desde então Ogún é conhecido como o dono e espírito do Irin e lhe deram o título de Osin Inmolé.

Ifá Ni L’Órun
Gostou? Que bom, compartilhe com seus amigos.