ABATÁ

Inle - abataINLÉ na Religião Tradicional Yorubá, está acompanhado por BOYUTO e ABATÁ, a divindade dos pântanos. ABATA normalmente se considera como companheira feminina e esposa de INLÉ.

Quando se assenta INLÉ através da cerimônia de consagração, também se assenta ABATA. Para ela se tem canções e orikis próprios, come com INLÉ e participa de todos seus sacrifícios.

Os Yorubás consideram que a família de INLÉ está formada por: ABÁTAN (sua esposa), IBOYUTO (BOYUTO, guardião de ambos), OTÍN (fila de ambos), JOBÍA (filho de ASIPELU, ajudante de INLÉ), LOGUN EDÉ ou LARO(senhor da medicina, filho de INLÉ com OXUM) e ASAÓ, que é o duplo espiritual de INLÉ.

História de Abatá em Okana Fun

Um dia ABATA decidiu sair para pescar, mas o mar estava muito agitado. Desesperada, ABATA rogou a OLÓFIN e disse que se ele quisesse lhe mandaria um peixe. OLÓFIN estranhou esse pedido de ABATA, já que ela queria o peixe para seu pai, que estava ficando cego.

Enquanto implorava com grande devoção, ABATA viu como se aproximava uma grande nuvem, aonde vinha sentado nela INLÉ, médico dos ORIXÁS quem lhe disse: “ABATA, OLÓFIN me mandou para ser teu protetor. Dá-me um pouco de água da cabaça, que levas em tua cintura”. INLÉ bebeu da cabaça, enquanto elevava um doce e suave canto à OLÓFIN.

Enquanto entoava sua rogação, afundou no mar uma vara que trazia na mão. Imediatamente pescou uma Guabina, oferecendo-a à ABATA. Ambos deram graças a OLÓFIN.

Este então lhes disse com sua voz de trovão: “Enquanto o mundo seja mundo, tu INLÉ e ABATA sempre seguirão juntos, os dois serão médicos sábios e capazes de realizar curas mágicas e com elas vocês farão o bem à humanidade”. To Eban Eshu.

ABATA está representada por uma espécie de tridente em cujo cabo se entrelaça duas cobras e leva também duas penas de metal. A Guabina serve para curar a vista, para rogar à cabeça e sua água é boa para banhos de limpeza espiritual que livram das maldições.

Ifá Ni L’Órun Otura Aira

Gostou? Que bom, compartilhe com seus amigos.