INLÉ: O MÉDICO DE DEUS

il_570xN.381761529_kpijINLÉ é o ORIXÁ da medicina e da pesca, é O REMÉDIO DE DEUS e ele é conhecido como o MÉDICO DE OSHA. ORIXÁ da FAMÍLIA, é o Patrono dos Médicos e dos BABALAWÓS e é considerado o ORIXÁ da pesca e da colheita marítima. Tem ao seu lado muitos peixes e compartilha sua propriedade com OXUM, pois também é considerado O DONO DOS RIOS. Vigilante da saúde, dos cultivos e colheitas.

Mergulhando totalmente na RELIGIÃO TRADICIONAL YORUBÁ  e sua relação com este ORIXÁ, temos de dizer que seu ODÚ ISALAYÉ (ODÚ que marca o seu nascimento ou vinda à TERRA) é OKANA SODE (IFÁ), para os OMO ORIXÁS é OKANA TONTI EYOUNLÉ (1-8) (letra do MERINDILOGUN – BÚZIOS).

Médico, pescador, caçador e adivinho com OPELÉ (EKUELÉ), não era BABALAWÓ, mas teve essa virtude por mandado de OLÓFIN (DEUS) de que fosse todas essas coisas e ao mesmo tempo não fosse também, porém tudo o que ele fazia lhe saía bem, por conta da referida virtude.

Conta o PATAKI que um dia quando INLÉ pescava apareceu-lhe uma Linda Mulher. Sua beleza e fisionomia eram tão radiantes que INLÉ parecia não crer que na Terra pudesse existir alguém assim. Esta Mulher era YEMANJÁ, pela qual seu amor foi a primeira vista.

Foi tanto o encanto para com INLÉ e a magia amorosa de YEMANJÁ, que ela lhe perguntou se ele gostaria de ver sua casa e este lhe respondeu que sim, que com ela iria até o fim do mundo se assim fosse necessário. Até este dia ninguém conhecia os segredos de YEMANJÁ. E assim aconteceu. Este foi com ela até as profundidades dos oceanos, onde tinha seu ILÉ (casa) e seus tesouros.

Pescador

De YEMANJÁ, INLÉ aprendeu a arte da sabedoria e da adivinhação. Mas um dia YEMANJÁ se entediou de INLÉ e se encontrou diante a um dilema, de que era ele o único que conhecia seus segredos e riquezas, então lhe recorreu a ideia de se livrar dele, então decidiu que a única maneira na qual poderia deixá-lo ir, a única maneira em que ele não dissesse a ninguém seus segredos, era cortando sua língua. E assim o fez de comum acordo com INLÉ.

Os OMO OXÓSSI (Filhos de OXÓSSI) devem recebê-lo como caráter prévio, já que seus YAWÓS têm que entrar no quarto de santo com ABATÁ (A ORIXÁ dos Pântanos) nas mãos e tê-lo durante a cerimônia de consagração no joelho esquerdo, pois ODÉ MATA tem pacto com ABATÁ e esta só se pode receber em companhia de INLÉ.

Quem pode entregar INLÉ? A princípio todas aquelas pessoas que o possuam, pois ninguém pode dar o que não tem, mas para os que gostam das coisas mais requintadas, recomenda-se recebê-lo das mãos de uma filha ou filho de cujo ORIXÁ TUTELAR seja o próprio INLÉ ou quem tenha INLÉ como Pai.

 

Ifá Ni L’Órun

Gostou? Que bom, compartilhe com seus amigos.