OZUN (OSUN) O BASTÃO DE ORUNMILÁ

Batea-Orula-y-Osun2

ORUNMILÁ vivia em uma casa de madeira e tinha muitos inimigos (arayés) e estes vendo que ORUNMILÁ sabia tudo e além disso era adivinho. Então acordaram em queimar o seu ILÉ, já que não podiam com ele.

Cavaram um túnel até a casa de ORUNMILÁ sem que este desse conta, até o último quarto, que era de ORUNMILÁ. Pela fresta viam onde ORUNMILÁ se sentava todos os dias para fazer OSODE (Consulta de Ifá).

Então no chão daquele quarto, colocaram quatro madeiras bem fortes para que o piso não afundasse e colocaram bastante lixo e lenha e colocaram fogo.

OZUN que estava ao lado direito de ORUNMILÁ, moveu-se por conta do calor que sentia. Ao ver que OZUN movia-se, ORUNMILÁ o colocou de frente e o OSODE lhe dizia que havia uma grande armadilha e que havia fogo. Então ORUNMILÁ jogou muita OMI (água), até que começou a sair bastante fumaça do piso. Pela fresta do chão ele viu que havia muito fogo. Arrumou uma tranca, rompeu o piso e se salvou.

Todos os seus inimigos saíram. Eles se entregaram e disseram à ORUNMILÁ que fizesse com eles o que ele quisesse fazer. ORUNMILÁ lhes disse: A única coisa que quero é que vocês façam IFÁ e sejam BABALAWÓS, para que saiba o que eu sei.

ORUNMILÁ compreendeu que OZUN era um ORISHÁ que tinha a função de avisar e tirar todo o mal que por ventura alguém fizesse em seu caminho.

É por isso que OZUN é o bastão de ORUNMILÁ e do religioso.

Isto se diz no Odú de IFÁ IRETE LAZO.

Maferefun OZUN todos os dias! Ashé!

 

 

Ifá Ni L’Órun

Gostou? Que bom, compartilhe com seus amigos.