ORISHÁ ÓBA: ESPOSA LEGÍTIMA DE SHANGÓ

tumblr_msbnd4MPtf1s2hryzo1_500

ÓBA rege sobre muitos sentimentos do coração. Seu amor é cego e ela é muito benevolente. Da mesma forma que a terra perdoa as forças da natureza, as grandes mudanças e a destruição que elas proporcionam, ela perdoa, dando tudo desinteressadamente aos seres viventes.

É Rainha guerreira e destrói qualquer inimigo. Com amor, bondade e afeto, é tão estrategista como SHANGÓ e quando alguém pensa que a tem em suas mãos, dá um salto atrás e supera todos os obstáculos.

Ela é a raiz de muitas coisas na natureza e na vida, é um elemento, a pequena parte de uma raiz, uma folha, uma casca ou tronco que germinará e começará a crescer e a florescer, assim que você vire as costas…

Inibida em seu próprio desenvolvimento, ÓBA vive na angústia de dominar suas próprias emoções para não se submeter a rejeição dos homens. É considerada como a representação da fidelidade conjugal por sua capacidade de permanecer dentro de casa, disposta a dedicar-se aos afazeres domésticos.

Corajosa e aventureira, apesar de sua dedicação ao lar, frequentemente se encontra em situações de alguns contratempos, por conservar o amor a SHANGÓ, a quem ama perdidamente como é retratado em todos os PATAKIS.

 

Epkuá ÓBA! Maferefun Óba!

Ifá Ni L’Órun

Gostou? Que bom, compartilhe com seus amigos.