YEMANJÁ O VENTRE DO MUNDO

yemaya-orisha-santeria (2)ed2819

No princípio aqui só havia fogo e rochas ardentes. Então OLÓFIN (Deus), quis que o mundo existisse e converteu o vapor das chamas em nuvens.

Das nuvens caíram as águas que apagaram o fogo. Nos buracos enormes que se formaram entre as rochas, nasceu OLOKUN, o oceano (pai e mãe de YEMANJÁ), que é terrível e a quem todo o mundo teme.

Mas o mar também é bom, porque é a fonte da vida e a água fez veias na terra para que a vida se propagasse. Essa é YEMANJÁ, a Mãe das Águas. Por isso também se diz que antes que nada existisse, YEMANJÁ estava deitada quão grande era e de repente disse: “IBI BAYÁN ODÚ MI: Me dói o ventre” e dela saíram os rios, os ORISHÁS e tudo o que alenta e vive sobre a terra.

Maferefun YEMANJÁ! Ashé!

 

Ifá Ni L’Órun

 

Gostou? Que bom, compartilhe com seus amigos.