SAUDAÇÕES COMUNS ENTRE RELIGIOSOS BABALAWÓS E OLOSHAS

download

SAUDAÇÕES EM IFÁ

Quando um devoto visita a casa de seu padrinho de IFÁ (OLUWÓ), antes de entrar, diz a seguinte frase de saudação:

AGÓ ILÉ – Estou avisando para entrar na casa, pedindo licença.

E o padrinho responde:

AGÓ YÁ – Pode entrar até o altar, permissão concedida.

Tradicionalmente, o devoto deverá chegar até o altar de IFÁ e dizer diante de ORUNMILÁ:

ORUNMILÁ IBORU, ORUNMILÁ IBOYA, ORUNMILÁ IBOSHESHE – ORUNMILÁ, este é o oferecimento, ORUNMILÁ que sejam permitidos, ORUNMILÁ que seja possível sua realização.

É muito bom que cada vez que o devoto visite seu padrinho, se houver alguma comemoração, como por exemplo, o dia 4 de Outubro (Dia de ORUNMILÁ) sempre leve uma oferenda ou algo para o altar de ORUNMILÁ, quando possível. Não importa o que seja e sim a atitude tomada da ação religiosa.

Seguidamente o devoto deve ajoelhar-se diante a seu padrinho e dizer as seguintes frases:

OLUWÓ IBORU, OLUWÓ IBOYA, OLUWÓ IBOSHESHE – OLUWÓ este é o oferecimento, OLUWÓ que sejam permitidos, OLUWÓ que seja possível sua realização.

O padrinho põe as mãos sobre os ombros do afilhado e o bendiz com a frase:

OGBO ATÓ ASHÉ FORIBALÉ IFÁ – Que você tenha vida longa e bom caminho ao colocar sua cabeça no chão ante a IFÁ.

download (1)

SAUDAÇÕES EM OSHA

No caso dos OLOSHAS (OMO ORIXÁS), também se deve pedir permissão ao chegar diante o altar dos ORIXÁS. Ali os homens descem colocando sua testa de frente a esteira sagrada (ENI) que está no chão. As mulheres assim fazem também, mas de lado, mesmo que o seu ORIXÁ ALAGBATOBI, ORIXÁ TUTELAR seja de outro gênero. O órgão genital da mulher não deve tocar a esteira sagrada (ENI). Depois de dar respeito aos ORIXÁS, o padrinho ou madrinha toca os ombros do afilhado para bendizê-lo e dar a permissão com a frase:

AWÁ OGBÓ ATÓ, YEMANJÁ (exemplo) AGBÉ Ó DIDÉ! – Nós te desejamos vida longa e bons caminhos, mas YEMANJÁ é quem te brinda! De pé!

DESPEDIDA:

Por último, é tradicional despedir-se com a seguinte saudação:

ONA IRÉ Ó – um caminho de bênçãos para você! (Que se vá bem).

E aquele que se retira responde:

MÁA RÉ WÁ – Posso ir e vir (Representa que certamente vai voltar).

Já muitos BABALAWÓS utilizam a seguinte saudação na saída:

ONA IRÉ Ó – Um caminho de bênçãos para você (Que se vá bem).

E o que se retira responde:

ODI O MÓDI OSÉ – Até o próximo amanhecer do dia da adivinhação.

OSÈ é o tradicional dia da adivinhação que se realiza a cada 4 (quatro) dias (ÒRUN IFÁ), cada 9 (nove) dias (ISÀN IFÁ) e a cada 17 (dezessete) dias (ÌTÀDÓGUN IFÁ). Na casa do falecido RAMÓN FEBLES AWÓ OGBÉ OTURA, o pai de MIGUEL FEBLES, era de costume reunir-se nesses dias marcados, vários BABALAWÓS e ali, o menor fazia uma adivinhação. Depois de deliberar e analisar o signo (ODÚ) que saía, todos realizavam o EBÓ indicado.

 

Ifá Ni L’Órun

Gostou? Que bom, compartilhe com seus amigos.