PATAKI DE KORIKOTO

fb07_korikoto_silver480

No início dos tempos, num dia muito especial de festa e de alegria entre os homens, um grupo de crianças se banhava perto do rio. Brincavam com as pedras e com as águas sem se darem conta, foram entrando em zona de perigo.

Muito perto dali, KORIKOTO, com seus cabelos compridos movidos pela brisa, contemplava a cena das crianças, que não se davam conta da aproximação deles a um lugar onde havia o encontro de dois rios poderosos, onde as águas criavam um redemoinho, que faria desaparecer o mais experto nadador em instantes. As crianças desapareceriam na água, com a rapidez de um raio. KORIKOTO se lançou nas águas várias vezes até que tivesse salvado a cada uma delas.

O alvoroço das crianças e suas mães foi imenso, mas KORIKOTO estava esgotada com o esforço para salvá-los. Sem oferecer resistência, seu corpo foi absorvido pelas águas e seu espírito se elevou com um redemoinho de água doce e cristalina.

As águas caiam como uma chuva iluminada pela luz do sol com várias cores. Ao cair sobre o rosto humano, parecia uma carícia acalentadora e estimuladora de vida. As crianças começaram a brincar, as mulheres cantar e os homens trabalhar com muito mais vigor e sentimento.

223588_412195532197995_2004741515_n

 

Desde aquele dia, OLÓFIN lhe deu a função de proteger as crianças desde o início da formação, da entrada e manifestação de vida e sua vigilância depois de criados.

A este ORISHÁ corresponde controlar os nascimentos no mundo. É Ela que distribui as almas que vão nascer. Controla a maternidade. Estimula ou detém a fertilidade de acordo com as necessidades do mundo.

Todo o universo infantil, as brincadeiras, as cantigas de ninar, estão regidos por ela. Diz-se que seu nome também está relacionado com o término. KORIKOTO, o qual significa: brincadeira de criança.

KORIKOTO visita os seres humanos todos os dias, porque é o orvalho da manhã.

Maferefun KORIKOTO todos os dias!

 

Ifá Ni L’Órun

Gostou? Que bom, compartilhe com seus amigos.