TRABALHO COM AGANJÚ PARA SE LIVRAR DE UM MAL

VOLCAN

Modo de preparar:

Reserve um pouco de fubá, um pouco de leite de cabra fresco (se não tiver, pode ser feito com o leite de vaca), 5 (cinco) colheres de açúcar branca, uma pedra de EFUN (ralada), banha de ori e água fresca.

Misture os ingredientes numa panelinha. Leve ao fogo até que o fubá esteja bem seco. Envolva em papéis alumínio e embrulhe como se estivesse embrulhando pamonha.

Faça 9 (nove) saquinhos. Ponha água no fogo e quando começar a ferver, introduza os saquinhos, deixando-os cozinhar por 15 (quinze) minutos.

Uma vez cozidos, deixa-se esfriar e o saquinho já está pronto para oferecer a AGANJÚ.

Isto se fará da seguinte maneira:

Tire o papel alumínio, coloque-os em um recipiente médio. Em cima, coloque um peixe (qualquer peixe assado no forno só com banha de ori), milho torrado (agbado awado). Coloque uma pimenta da costa em cima de cada bolinho. Coloque um pouco de aguardente, um pouco de vinho tinto, um pouco de mel e um pouquinho de dendê. (O peixe vai em cima dos bolinhos).

Uma vez terminados todos esses preparativos, destapa-se AGANJÚ, acenda uma vela de 7 (sete) dias ao lado dele.

Coloca-se o refratário em cima dele e deixe por 9 dias, pedindo que todo mal seja exterminado de sua vida.

No final dos 9 (nove) dias, coloca-se tudo ao pé de uma grande árvore frondosa.

NOTA: É bom esclarecer que esses saquinhos servem para todos os ORISHÁS. Usa-se a mesma receita indicada, sempre marcando com o número de cada ORISHÁ. Ex. OSHÚN 5 (cinco), YEMANJÁ (7), AGANJÚ (9), etc. Quando se faz para OBATALÁ, no lugar do dendê, coloque banha de ORI e EFUN.

 

Ifá Ni L’Órun

Gostou? Que bom, compartilhe com seus amigos.