PATAKI DE OBATALA AYAGUNA (AJAGUNA)

257825657_ADTFBSSNPHMVBYM

O Nascimento de AJAGUNA

Uma vez aconteceu o anúncio do nascimento de OBATALÁ AJAGUNA, o qual vinha para terminar a guerra que há tempos sustentavam OGBE e um guerreiro chamado ORAGUN pelo tempo de 15 (quinze) anos, sem que OGBE pudesse vencer a este último. ORAGUN tinha a virtude que sempre que sustentava um combate na terra, tomava forças sobrenaturais e isso era o que tinha esgotado OGBE nos 15 (quinze) combates que sustentaram.

AJAGUNA foi crescendo e conhecendo a rivalidade desses guerreiros e propôs destruir o lugar onde ORAGUN espreitava e com isso se deu conta de todos os lados vulneráveis do inimigo. Mas ORAGUN vivia em um labirinto do qual ninguém podia sair. As pessoas do povoado aconselharam a AJAGUNA que não fosse combater o inimigo, porque ele poderia perder e ele só tinha 16 (dezesseis) anos de idade. Porém este estava decidido, já que queria se encher de glória e fortuna.

collares-de-mazo-obatala-ayaguna-diseno-exclusivo

Uma noite teve uma revelação com uma donzela muito linda, que mais tarde conheceu e contou a ela seu plano. Ela se apaixonou por ele e decidiu ajuda-lo. Fizeram os preparativos e AJAGUNA disse a OGBE: para esta situação, usarei uns barcos e colocarei duas bandeiras, uma negra e uma branca. Se perder tirarei a branca, deixando a negra e se eu ganhar, deixarei a branca, retirando a negra, para que tu possas distinguir-me quando eu vier de regresso. E assim partiu para a o buraco onde vivia ORAGUN. Quando chegou, a donzela o estava esperando. Pegou um carretel de linha e o soltou por uma ponta e o entregou a AJAGUNA para que pudesse guiar-se e sair do labirinto.

AJAGUNA sabia que na terra não poderia ganhar a ORAGUN, mas a sorte o guiava, surpreendendo a este que estava dormindo e aproveitando a esta situação, rapidamente o pegou pelo pescoço e o levantou no ar, sufocando-o.

Era tanta a alegria de AJAGUNA que quando regressou se esqueceu de tirar a bandeira negra. OGBE, que o estava esperando na praia, ao ver a bandeira negra, pensou que AJAGUNA havia perdido e enlouqueceu e se atirou ao mar, sem se dar conta de que a bandeira branca também estava lá.

Quando AJAGUNA perguntou por OGBE, lhe responderam que ele tinha enlouquecido e que havia se jogado ao mar. Então compreendeu que devido a sua alegria, havia esquecido de tirar a bandeira negra e disse então ao povo que ORAGUN era um guerreiro, que mesmo depois de vencido havia respeitado a OGBE e em honra a esses guerreiros, se fixaram uma vez ao ano, duas bandeiras, uma branca e uma negra para que todos se lembrassem deles.

 

Ifá Ni L’Órun

Gostou? Que bom, compartilhe com seus amigos.