OSHÚN ENCONTRA O PERDIDO

Oshun-orisha-artcard-LG

Uma vez, na qual OSHÚN estava passando por muitas dificuldades e por muito que se esforçasse em melhorar de vida, cada dia ficava pior.

Um dia em que ela estava esgotada de tanto caminhar, se sentou aos pés de um caminho pelo qual nesses momentos passava ESHÚ, que ao vê-la, se assombrou do estado em que se encontrava OSHÚN.

Este perguntou porque ela estava assim e ela lhe contou todas as dificuldades que estava passando e ainda os desenganos que havia tido.

ESHÚ se interessou e disse que ia levá-la para a casa de ORUNMILÁ para que este lhe ajudasse, para que desta maneira ela pudesse encontrar o perdido.

Quando ESHÚ chegou com OSHÚN à casa de ORUNMILÁ, este ficou mais assombrado que ESHÚ ao vê-la no estado em que se encontrava. Mas disse a OSHÚN que não se preocupasse, pois ele faria o possível por ajudá-la.

ORUNMILÁ a consultou com IFÁ e disse que ela teria que fazer um sacrifício e depois disso e com EWÉ OBURE fizesse OSHINSHIN (adimu a OSHÚN) e o levasse a IBU LOSA e que com os outros EWÉS fizesse um banho em IBÚ para que ela mudasse sua situação.

Também lhe recomendou que tivesse cuidado ao fazer favores para que não voltasse a passar dificuldades e que deixasse a roupa que levava no corpo no rio ao dar o banho.

OSHÚN fez o que ORUNMILÁ lhe havia indicado, mas quando ela voltou de dar o banho no rio, voltou depois à casa de ORUNMILÁ para buscar seus pertences que ela havia deixado.

Porém ORUNMILÁ ao vê-la tão mudada, se apaixonou por ela e fizeram amor. Ela se envergonhou, porém se alegrou da adivinhação.

 

Ifá Ni L’Órun

Gostou? Que bom, compartilhe com seus amigos.