A TERRA DE OLUO POPO (AZOWANO, OBALUAYÉ)

meupaailindo.

Neste caminho OLUO POPO (AZOWANO) tinha suas terras e ORUNMILÁ as dele. Na terra de ORUNMILÁ havia uma guerra entre os AWÓS. Enquanto uns buscavam o melhoramento, a sorte, a estabilidade e o IRÉ em tudo, os outros buscavam poder para destruir, matar e fazer mal aos demais para o proveito e bem estar próprio.

Havia um AWÓ do mal e vendo que ali não encontrava o que ele queria, se foi para a terra de OLUO POPO e quando chegou a casa de AZOWANO o encontrou sentando atrás da porta e ao lado tinha sua panela. Ele entrou e disse a OLUO POPO o que tinha vindo buscar e AZOWANO lhe disse: Nesse momento não posso lhe atender, venha amanhã. OLUO POPO sabia tudo o que esse homem andava buscando.

O AWÓ bom, da terra de ORUNMILÁ, se consultou com IFÁ e este lhe dizia que pusesse uma panela com OÑI (mel) e OTI KANA (vinho seco) a OLUO POPO atrás da porta e o tapasse com uma tampa e com isso bastava para que seus inimigos não acabassem com ele.

OLUO POPO se levantou bem cedo e quando foi até a sua panela, viu tudo o que o AWÓ bom lhe havia colocado e disse: “A este é quem vou ajudar”.

4819b661cca682afb475d9dc055aa665

Logo em seguida, chegou o AWÓ mal e OLUO POPO o recebeu e quando este lhe disse o que tinha vindo buscar, OLUO POPO lhe entregou o trabalho mau para que acabasse com sua própria vida e assim aquele AWÓ mal pagou com sua vida o mal que queria aos demais.

OLUO POPO havia dito ao AWÓ bom. Encha três copos de água atrás da porta de sua casa e diga estas palavras:

“KUKUVE KUKUVE KUKUVE”

E assim OLUO POPO salvou o AWÓ que só queria o bem.

Maferefun OLUO POPO (AZOWANO)

 

Ifá Ni L’Órun

Gostou? Que bom, compartilhe com seus amigos.