ELEGUÁ TROUXE A PROSPERIDADE DE VOLTA

download (1)

Há tempos, ELEGUÁ saiu a percorrer o mundo e chegou em um povoado onde as pessoas estavam passando fome, enfermidades, escassez e calamidades. As pessoas ao verem ELEGUÁ lhe perguntaram:

“Quem é você?

E ele lhes disse:

“Eu sou o filho do Destino”.

Então as pessoas lhe disseram:

“Olhe como estamos enfermos e se não nos curarmos, a terra não poderá produzir, as plantas não poderão crescer, os rios não correrão mais e vamos morrer”.

ELEGUÁ respondeu:

“Bem, eu irei falar com OLÓFIN”. Eleguá assim o fez e contou toda a situação que o povo estava passando.

Então OLÓFIN mandou ELEGUÁ ter com OBATALÁ quem era o encarregado de governar os povos de OLÓFIN.

Então OBATALÁ disse a ELEGUÁ:

“Bem, vamos lá”. Porém para chegar ao povoado, estes teriam que subir uma grande colina.

Quando estiveram no alto da colina ELEGUÁ disse a OBATALÁ:

“Olhe BABA, ali está o povoado. Olhe bem como tropeçam um no outro de tão mal que estão”. Então OBATALÁ deu às costas ao povoado e disse:

“OKANA SÁ KOBILARI AWÁ TETÉ”

10514106_1443073952625788_1979537962_a

Disse essas palavras três vezes e então começou a chover fortemente e se viu reviver de tudo. Os rios começaram a correr novamente, as plantas a brotarem, as enfermidades desaparecerem e a terra a produzir.

Então as coisas retomaram a vida e ali no povoado voltou a reinar a alegria. O povo então voltou seus olhos para a colina e gritava:

MODUPKÉ (OBRIGADO) ELEGUÁ!

MODUPKÉ (OBRIGADO) ELEGUÁ!

Maferefun ELEGUÁ todos os dias

 

Ifá Ni L’Órun

 

Gostou? Que bom, compartilhe com seus amigos.