OSHÚN YALODÉ

thumb_1403031223

OSHÚN foi designada por OLÓFIN como rainha da maternidade e foi designada por ORUNMILÁ como APETEBI e posteriormente sua esposa.

Salvou BABALU AYÉ da morte, salvou o mundo da hecatombe, salvou OYÁ das garras do inimigo, salvou o amor de YEMANJÁ por OGUN e em todas as ocasiões o preço foi o mesmo, seu mel e seu corpo.

Esta ORISHÁ feminina representa a luta pela vida, é a dona dos rios, é a Deusa do Amor.

Muito bonita, nas margens dos rios e do mar, veste-se de branco com amarelo. É a filha de NANÁ BURUKU e OLÓFIN.

OSHÚN teve filhos com ODUDUWÁ, ORUNMILÁ e INLÉ.

Com ODUDUWÁ teve a OLOSHÉ. Com ORUNMILÁ a POROYÉ, ambas são meninas e com INLÉ teve LOGUN EDÉ, um menino (andrógino).

OSHÚN é a quem cuida dos mandos de ODUDUWÁ e YEWÁ e por isso, alcança o poder de EGUN.

OSHÚN no início conseguia transtornar tudo na Terra, até que, para que no mundo houvesse paz, tiveram que considerá-la.

É a única ORISHÁ que pode suprir a todos e mesmo sendo menor supre inclusive OBATALÁ.

 

Maferefun OSHÚN YALODÉ!

 

Ifá Ni L’Órun

Gostou? Que bom, compartilhe com seus amigos.