POR QUE OS BABALAWÓS NÃO JOGAM BÚZIOS (MERINDILOGUN)

20130604145733

ofun

Pataki:

ORUNMILÁ tinha um afilhado que era o seu predileto e se chamava OMOLU, que era o rei da Terra ADIFÁ. Ele o havia deixado como rei dessa terra de IFÁ, quando este havia ganhado por sentença de OLÓFIN (DEUS) ao adivinhar a situação das mulheres. OMOLU (também conhecido como OMO ODÚ) tinha um filho maior chamada ADELE (DILOGUN). Este era o herdeiro de OMOLU quem o havia encarregado de ser ele o intermediário de todos os OSHAS ante ele, pois ele se encontrava muito ocupado nas tarefas de IFÁ.

Portanto, todos os OSHAS, até mesmo os guerreiros e seus exércitos, estavam sob seu mando e dependiam dele.

Vendo-se ADELE com tanto poder, o orgulho o cegou e acreditou ser maior que seu pai OMOLU (OMO ODÚ), chegando a conspirar contra ele, preparando secretamente um exército para destroná-lo.

Então ORUNMILÁ, exercendo o cargo como OBÁ de IFÁ, consultou IFÁ onde este lhe dizia que um afilhado seu distante, a família queria escravizá-lo. Ao terminar perguntou quem era e saiu falando com ELERI de OMOLU LOWÓ ARAYÉ ADELE e saiu rapidamente para ADIFÁ.

Quando chegou, a rebelião estava acontecendo e os exércitos de ADELE preparados para arrasar o Palácio de OMOLU, mas como ORUNMILÁ era o padrinho de OMOLU e também de todos os OSHAS, disse a todos que por ser OMOLU seu afilhado, teriam que respeitá-lo e querê-lo. Com isso todos aclamaram OMOLU como rei absoluto da terra ADIFÁ.

Então ORUNMILÁ chamou ADELE e lhe disse:

“Como OLÓFIN sentenciou teu cargo, seguirás sendo o encarregado de expressar o desejo de todos os OSHAS, porém com os ABERI KOLA, não com OMOLU e para evitar tragédias futuras te exilo para sempre do reino de seu pai OMOLU, ao qual nunca entrarás, nem nenhum de teus irmãos voltará a te chamar por nada nem para nada e que nada fará tu faltarás a este julgamento e a esta sentença e desde agora em diante assim será. ASÉ TO ASÉ BO, ASÉ BIMA, TO IBAN ESU.

Saiu então tranquilamente ADELE para seu novo reino junto ao rio OSHE.

Aqui foi onde se separaram OMOLU (OMO ODÚ) e ADELE, que ainda que parentes, tem distintos nomes no oráculo e, por isso o AWÓ não deve nunca JOGAR BÚZIOS para não faltar a sentença de ORUNMILÁ e o juramento de OMOLU.

Aqui foi onde expulsaram AZOWANO da terra YORUBÁ e se dividiram as divindades entre OSHAS e ORIXÁS, ou seja, uns que falam por MERINDILOGUN (Búzios) e outros que falam por IFÁ, quer dizer, uns com ADELE e outros por OMOLU (OMO ODÚ).

 

Ifá Ni L’Órun

Gostou? Que bom, compartilhe com seus amigos.