OGAN – A SUSTENTAÇÃO DOS FILHOS DE OBATALÁ

maxresdefault

OGAN é a divindade que vem libertar e proteger a quem o possui. Dá amparo às maldições do mundo e cura as fissuras, produto dos sacrifícios. Está relacionado com a justiça e é vital e importante apoio para os filhos de OBATALÁ.

OGAN é um caminho de ORIXÁ  FUNFUN. É originário da terra ARARÁ (DAHOMEY). Pode ser considerado como um REFORÇO para OBATALÁ.

É uma divindade totalmente masculina. O vocábulo OGAN, no início era OGAN LA, mas com o processo sofrido na religião YORUBÁ quando chegou às AMÉRICAS foi adotado o vocábulo OGAN, que é traduzido como a EXPANSÃO da CASA ou a EXPANSÃO do CUIDADO, significado que é totalmente aceito na atualidade.

Sua mãe é YEWÁ. Foi guardião de ODUDUWÁ e OBATALÁ AJAGUNA e é o dono da enxada. Forma uma trilogia com OBON e OBONI.

Sua função é ser GUARDIÃO de OBATALÁ. Em relação a isso, existem duas vertentes. Alguns asseguram que só o GUARDIÃO de OBATALÁ AJAGUNA. Outros dizem que é de todos os OBATALÁS.

É considerado a SUSTENTAÇÃO de OBATALÁ. Ele proporciona liberdade para quem o receber. É de grande ajuda em momentos onde existam problemas de justiça, já que proporciona a sorte para poder resolvê-los.

MVC-009S1-583x400

É da cidade de ODUAREMÚ, ainda que tenha vindo de IBADÁN. Entre seus fundamentos, põem-se muitos tecidos brancos, muito EFUN, um tubinho prateado, 7 (sete) atarés (pimenta da costa), que serão usadas por seus filhos em caso de guerra, 16 IGBINS (caramujos), 2 EYELÉS (pombos) prateados. Usa-se também um boneco de madeira de ARAGBÁ em forma da estrutura óssea humana, mas com quatro olhos e uma arma de corte na mão, já que OBATALÁ OGAN escravizou a morte e tirou dela sua arma. Esse boneco vai dentro de sua sopeira.

Lava-se com água de coco. Só leva uma pedra pontiaguda. Seus atributos são um escudo, uma armadura peitoral, três flechas, um acofá (arco e flecha), uma cobra (tudo prateado) e se cobre com algodão. Fora de sua sopeira se põe uma escada prateada de 16 degraus com 2 (duas) mãos de caracóis (búzios) costuradas nela.

Seus ELEKES (fios de conta) são de contas vermelhas e brancas, intercalando contas verdes. Suas oferendas são as mesmas oferecidas a OBATALÁ. Além disso gosta de galo branco, inhame pilado, coco, EKÓ (acaçá) picado, pipocas e 8 (oito) ovos ou seus múltiplos com ORI (banha de ORI) e EFUN, envoltos em banha de ORI.

images (2)

OBATALÁ OGAN origina o nome OGAN, por dar SUSTENTAÇÃO a OBATALÁ, assim como os regidos por esta divindade eram responsáveis por proteger as cidades e as tribos dos reis.

OBATALÁ OGAN recebe o nome na terra ARARÁ de TONUNO.
Maferefun OBATALÁ OGAN todos os dias!

 

Ifá Ni L’Órun

Gostou? Que bom, compartilhe com seus amigos.