A SUSTENTAÇÃO DE OXÓSSI

Em ILÉ OSHODÉ, vivia em uma solitária cabana no meio da mata OXÓSSI, onde todos o temiam pelo poder que tinha com OGUN. Foram procurar um OMOLOGU (feiticeiro) de outra terra para destruir OXÓSSI. O OMOLOGU chegou então com seus homens até a cabana com a finalidade de roubar o fundamento dele, enquanto OXÓSSI dormia. Colocou incenso na porta, fez seu ritual e entrou.

OXÓSSI acordou e ao notar o que estava acontecendo, fez uma mojugba e logo as pernas do OMOLOGU se cobriram de feridas. Ele teve que sair da cabana de OXÓSSI sem conseguir seu objetivo, mas deixou uma maldição para que OXÓSSI, através de um encantamento maligno, ficasse com suas pernas debilitadas.

E o tempo passou e um dia OXÓSSI estava na selva caçando, quando foi atacado surpreendentemente por um tigre ao qual pode matar, mas este feriu suas pernas gravemente. Arrastando-se, foi até a casa de seu irmão INLÉ, o qual vivia em sua cabana no rio.

OXÓSSI desmaiou na margem do rio e seu sangue correu rio abaixo. INLÉ e sua mulher ABATA estavam pescando e ao ver o sangue, subiram rio acima e o encontraram. Os dois o carregaram e o levaram até sua cabana, onde INLÉ, com seus conhecimentos curativos, o curou e OXÓSSI se restabeleceu completamente. INLÉ e ABATA o levaram até a Casa de ORUNMILÁ, o qual disse:

“Só permanecendo unidos para sempre, poderão anular o encantamento de OMOLOGU”.

OXÓSSI em agradecimento pelo que seu irmão e sua cunhada haviam feito por ele, disse:

“Juro em frente a você ORUNMILÁ, que de hoje em diante todos os meus filhos, ao fazerem e se consagrarem em OSHA, chegarão com ABATA abraçada a sua direita e INLÉ abraçado a sua esquerda e tocarão à porta para chamar os OSHAS com os OTÁS destes que me salvaram a vida, mas se ainda assim é pouco e, enquanto se efetue as Cerimônias de ODO (rio), INLÉ permanecerá no joelho esquerdo e ABATA no joelho direito. Depois disso ORUNMILÁ disse:

“Mas falta algo. Vão à Casa de OGUN e peçam a ele dois cachorros, ARISTASI e ARISTAMASI, para que vigiem à noite e OMOLOGU nunca mais se aproxime de seus territórios.

Assim viveram os três, felizes graças a ORUNMILÁ.

 

NOTA: Essa é uma das razões do porquê os filhos de OXÓSSI entram com INLÉ e ABATA no momento da consagração desse ORIXÁ.

 

Ifá Ni L’Órun

Gostou? Que bom, compartilhe com seus amigos.