PREVISÕES PARA O ANO DE 2017 DA FAMÍLIA IFÁ NI L’ÓRUN

 

Este cerimonial foi realizado no Ilé Ifá Ni L’Órun nas primeiras horas do primeiro dia do ano de 2017.

Vinte e cinco Babalawós testemunharam o momento em que Odú foi revelado juntamente com a profecia através do sagrado oráculo de Ifá.

Diego Campos Awó Ni Orunmilá Irete Kalu, sendo este o Awó mais novo presente no momento, e foi responsável por atefar o Odú que vai reger o ano 2017.

Odú Toyale: Irete Untelu (Irete Ejiogbe)

Primeiro testemunho: Ogbe Bara

Segundo testemunho: Ogbe Yono (Ogbe Ogunda)

Profecia: Iré Nibuyoko Ayé Oyalé Tesi Lesi Orunmilá, Onishe Ko.

Um bem de estabilidade material firme e seguro que nos proporcionará Orunmilá.

Orishás que governarão o ano, Oshósi e Yemanjá.

Perguntamos por Obatalá, Elegbara (Eleguá) e Oyá.

Disse Ifá que o excesso de consumo de bebidas alcoólicas aumentará significativamente durante o ano, elevando o índice de violência doméstica, acidentes no trânsito, perdas de posições, prestígio, separações familiares, tragédias envolvendo jovens, amigos e casais. (Ifá de alcoolismo). Os jovens este ano estão mais entregues ao álcool comprometendo o futuro dos mesmos. Recomendação: evitar exceder os limites.

Neste Ifá Olodumaré salvou a Terra da escassez com sua sabedoria.

Ifá prevê fases de escassez na indústria agrícola, farmacêutica, decadência na saúde pública, desemprego que comprometerá a estrutura familiar, aumentando as dívidas e os casos de inadimplência, embora há tendência de normalização na chegada inesperada de recursos que reverterão esta situação até o fim do ano. Recomenda-se economizar.

Neste Ifá a esposa de Olófin não era fértil, portanto, não conseguia engravidar; logo após o sacrifício recomendado por Ifá obteve a graça de ser mãe.

As mulheres que ainda não conseguiram realizar o sonho da maternidade, ou desejam ter mais filhos, receberão as bênçãos espirituais vindas de Olodumaré e Ifá. É provável que haja um aumento pela procura de inseminação artificial com resultados positivos. Contudo, é necessário a atenção redobrada com as crianças, gestantes e recém-nascidos. Buscar ajuda espiritual para evitar situações de risco, já que os espíritos abikús também estarão de prontidão. (Ifá de Abikú)

Ifá prevê aumento no índice de natalidade e mortandade infantil baseado nas situações narradas acima.

Algumas relações matrimoniais se desestabilizarão devido as situações adversas que enfrentará os homens para adquirir o sustento de sua família. Crescerá o número de divórcios.

Neste ano surgirá, com mais intensidade, problemas entre casais com diferença significativa de idade, por estarem em épocas de vida opostas. É necessário que busquem o equilíbrio no cotidiano evitando que a união se desgaste.

Neste ano a divindade Obatalá estará mais próxima de nós, favorecendo diretamente a estabilidade em nossas casas, por este motivo devemos evitar o excesso de bebidas alcoólicas nos templos religiosos.

Disse Ifá que venceremos as dificuldades nos mantendo firmes em nossos propósitos.

Disse Ifá: É necessário superar os sentimentos e limitações físicas que impedem a realização de um objetivo, assim como o desânimo, a preguiça, o pessimismo, as doenças, os complexos, as dificuldades financeiras. As pessoas tendem a se retraírem por se julgarem incapazes, caso exijam mais de si, compreenderão que possuem o suficiente para vencer e surpreenderão a todos. Neste Odú O Igbin com esforço (caramujo) venceu a águia.

Ifá recomenda realizar os sacrifícios prescritos por Orunmilá e os Orishás, se desejarem superar os obstáculos que surgirão durante o ano.

Neste Ifá impera a justiça de Olodumaré.

As autoridades atuarão de forma mais incisiva contra a criminalidade em geral, aumentando os casos de prisões, pressão da polícia, morte de delinquentes, processos judiciais, fiscalizações em busca de fraude no furto de energia, água, impostos etc. Ifá adverte evitar lugares perigosos, já que existe a possibilidade de sermos confundidos e presos no lugar dos verdadeiros culpados.

Ifá de prisão e liberdade. É um ano onde muitos podem conseguir a liberdade nos presídios.

Em contrapartida, muitos culpados encontrarão uma forma de driblar a justiça, mas mesmo assim serão perseguidos de perto.

Aconselha-se que estejamos dentro da lei para que a mesma possa nos amparar.

Disse Ifá que seremos perseguidos constantemente por indivíduos que fazem parte da mesma religião, postos de trabalho, concorrentes que motivados pelo sentimento de inveja, por sentirem-se inferiores, não medirão esforços na intenção de nos envergonhar através da calúnia, das ciladas, falsos testemunhos etc. Ifá recomenda que estejamos em dia com as nossas proteções espirituais, embora surjam transtornos, nada acontecerá. Por este Ifá Orunmilá provou sua inocência e os inimigos foram condenados.

Por este Ifá a proteção do Orishá Oshósi será fundamental na defesa contra os inimigos.

Recomenda-se usar durante o ano um kofá (arco e flecha em miniatura) consagrado aos pés de Obatalá para nos defender das injustiças.

Recomenda-se sumo cuidado com oferendas em lugares públicos, as leis de nosso país podem não apoiar nossa religião.

Aumentará os casos de crimes por preconceito religioso. (Orunmilá foi realizar um Ebó e foi preso injustamente pelas autoridades)

As documentações dos templos devem se enquadrar na exigência da lei.

Neste Ifá Orunmilá vence Ikú (morte) com ajuda das formigas.

Uma boa alimentação evitará doenças que podem levar a morte contribuindo para longevidade.

A necessidade de realizar cirurgia de redução de estômago, ou uma reeducação alimentar rigorosa, serão as alternativas para as pessoas que estão muito acima do peso e necessitam baixar de peso para salvar suas vidas. (As formigas de grão em grão alimentavam Orunmilá e este se manteve vivo)

Este Ifá recomenda não fazer favores, nem abrigar pessoas estranhas em casa, sob o risco de perder a estabilidade.

Ifá alerta de tragédias por adultério. As mulheres que não estejam satisfeitas com seus companheiros, antes de dar início a uma nova relação, recomenda-se finalizar a atual, já que este é um Odú de infidelidade matrimonial por parte da mulher. Ciúmes, perseguição, possessão, desconfianças por parte dos homens.

Os casos de violência contra a mulher com consequências fatais estarão em evidência.

Neste Ifá, Oyá teve um filho com Orunmilá protegido por Oro.

É necessário buscar auxílio aos pés de Oro ou Oyá, já que estes Orishás garantem a vitória sobre as pessoas más intencionadas e ruins que desejam a qualquer custo o mal do próximo.

Este Ifá prevê crescimento para as pessoas que planejam obter o próprio negócio.

Ifá prevê oportunidades de crescimento e desenvolvimento no campo profissional para as pessoas que trabalham com qualquer tipo de artesanato, costura, desenhos, arquitetos, músicos, escultores, arte em geral.

Este Ifá alerta sobre fenômenos marítimos. Aconselha-se a tomar cuidado com o mar, ressacas, acidentes, afogamentos, viagens de barco. As pessoas que residem próximo ao mar, recomenda-se prevenir de possíveis riscos causados pelo desequilíbrio do mar.

Disse Ifá: É importante analisarmos com bom senso e inteligência qualquer comentário que possa surgir a respeito das pessoas de nossa confiança, para que não sejamos injustos.

Neste Ifá é onde Olodumaré determina que a justiça seja feita aos homens na Terra.

É importante agirmos corretamente com todos a nossa volta, pois, através de nossas condutas receberemos o Ashé de Olodumaré. É um ano onde seremos cobrados por faltas e injustiças cometidas nos anos anteriores. Aqueles que tenham sido injustiçados terão as bênçãos de Olodumaré e Orunmilá para rever os prejuízos.

A impaciência será responsável por compreensões equivocadas e superficiais do caminho a seguir.

Recomenda-se aconselhar com oráculo de Ifá e dos Orishás para alcançar uma visão mais profunda das questões que envolvem o universo de cada um, evitando fracassos, perdas e frustrações.

Ifá alerta de perigos de violação às jovens.

Ifá alerta de desaparecimento e perda dos filhos por más companhias.

Os inimigos motivados pelo ódio farão de tudo para atingir seu alvo, mesmo que tenham que prejudicar os filhos de quem tanto dizem odiar.

Recomenda-se colocar aos pés de Elegbara uma quantidade de búzios de acordo com o número de filhos que tenham, para que Elegbara os protejam durante o ano.

Quem não possui a divindade Oshósi, será importante buscar orientação com seus maiores de religião, para que os mesmos resolvam esta questão, já que Oshósi este ano representa o livramento das injustiças, segurança contra covardia do mundo e principalmente a liberdade.

Neste Odú Orunmilá se transformou em uma pedra pela falta de respeito, ingratidão e falta de reconhecimento de seus Omo Ifá (afilhados) e estes perderam boa parte do Ashé e estabilidade espiritual que os fizeram crescer. A partir deste acontecimento a pedra se tornou intermediária entre Orunmilá e seus afilhados limitando os mesmos, ou seja, nunca mais estiveram bem como antes.

Orunmilá adverte que devemos respeitar, como princípio básico ditado por Olodumaré, àqueles que nos inseriram na religião e são responsáveis por nosso nascimento no Culto.

Ifá adverte que por vaidade, orgulho, ambição, delírio de superioridade, os afilhados e filhos de santo cometerão faltas com seus maiores que pesará em suas vidas para sempre. (Orunmilá nunca mais esteve com eles fisicamente).

Recomenda-se fazer os sacrifícios prescritos deste Odú a fim de que não haja separação do seu Oluwó, Olorishá, para que no final não tenham que se lamentar.

É um ano de crescimento religioso e desenvolvimento para os Omo Ifá (afilhados) e filhos de santo que estiverem em harmonia com seus maiores, e por isso, devem ficar atentos aos conselhos acima. Em contrapartida, aqueles que não souberam reconhecer o sacrifício e dedicação de seus maiores, pagando com o desrespeito, serão sucumbidos a um patamar inferior. (A pedra neste caso representa a regressão dos Omo Ifá).  A Recusa de Orunmilá pelo banquete oferecido por seu afilhado, nos deixa claro que o que tinha importância para Orunmilá era a felicidade de seu Omo Ifá.

Recomenda-se oferecer a um espírito ancestral Abo (Carneiro) no caso de pai falecido ou Agutan (ovelha) no caso de mãe falecida para triunfar este ano.

Disse Ifá que os nossos ancestres, tanto de sangue como de religião, nos trará benefícios.

É necessária adoração constante durante o ano aos nossos antepassados, visando um ano mais tranquilo.

Cuidar de enfermidades na garganta, faringite, laringite, pneumonia, nódulos nas cordas vocais, diabetes, falta de ar, próstata no caso dos homens, problemas sérios no intestino, nas vistas e no fígado como cirrose hepática etc. Os fumantes estarão mais propensos a desenvolverem as enfermidades da garganta.

Ifá da Ewé Tete, Bredo branco em Cuba, caruru sem espinhos no Brasil.

Esta ao nascer disse a todos:

Disse Ewé Tete: “Enfrentarei a todos aqueles que não aceitarem a minha presença no mundo, que não desejam que eu me estabeleça, que desejam que eu não tenha dinheiro, que não aceitam que eu tenha filhos e esposa. Vocês podem ser muitos, mas serão poucos e insignificantes mediante a vontade daquele que me enviou a Terra (Olodumaré).

A vocês lhes digo: Aqui estarei, estabilidade eu terei, terei filhos, esposa e dinheiro, pois tudo que possuo está nas mãos de Olófin, minha estabilidade é regida por ele e ninguém pode tirar”.

Ifá prevê o vencimento de todas as dificuldades para as pessoas que mereçam de alguma forma as bênçãos de Olodumaré e Orunmilá.

Disse Ifá: Não é certo conspirar obstinadamente gerando obstáculos e adversidades no intuito de impedir o crescimento e estabilidade do próximo. Este Odú explica que existe um desígnio de Olófin por trás de cada ser humano na Terra e ninguém é capaz de destruir. Por este motivo é necessário respeitar e procurar não interferir, para não contrair as consequências ruins para dentro de suas próprias vidas.

Ifareo!!! Adashé!!!

Maferefun Olófin, Orunmilá, Obatalá, Oshósi, Elegbá, Oyá, Shango e Oro.

 

Oluwó Siwajú Evandro Otura Aira Ifá Ni L’Órun

Gostou? Que bom, compartilhe com seus amigos.